Então, vivemos em crises: e o que você tem feito?

http://www.valleylearningcenters.com/
Há muito tempo nossa vida deixou de ser calma, ordenada e previsível. Todas as nossas formas de organização – familiar, social, de negócios – mudaram, deixaram de ser estáveis, rotineiras e padronizadas.

Vivemos hoje mais turbulências - sociais, econômicas, culturais, políticas, tecnológicas - do que em qualquer outra época da nossa história.

Se antes a complexidade a que estávamos submetidos era medida pelo alcance das estradas físicas que nos ligavam a outros lugares, pessoas, negócios, agora é medida pelas infovias que nos conectam a tudo e a todos, em todo o instante e em qualquer lugar em que estivermos.

Isso significa que, para que nossa participação em qualquer forma de organização seja bem sucedida, precisamos aprender novas formas de pensar, de agir, de ser e de conviver.

Alguns dos pensamentos mais recentes sobre a administração sugerem a importância de cinco habilidades especiais de liderança, que possam responder a esse contexto inspirando as pessoas. O trabalho do líder não é conseguir que as coisas sejam feitas por outras pessoas?

Então, vejamos:

1. Fique Calmo

Emoções são contagiosas – um líder precisa manejar os seus medos e incertezas, e transmitir firmeza e esperança à sua equipe. Conforte e inspire as pessoas, mesmo estando ciente das dificuldades, permaneça firme como uma rocha.

2. Seja visível

Em todos os momentos as pessoas precisam sentir que alguém está no controle, mas principalmente quando problemas acontecem. Nessas ocasiões não delegue, faça. A equipe deve sentir a força da presença e da atuação do líder enquanto durarem as “forças-tarefa” para a resolução de crises.

3. Coloque as pessoas antes do negócio

Em última instância, o negócio existe para atender as necessidades de pessoas, e é realizado por pessoas. É das pessoas que vem a força do negócio. Quando turbulências acontecem, as pessoas precisam sentir que elas e seus sentimentos são prioridades para o negócio. É o que elas esperam. E atender a essas expectativas alimenta a corrente virtuosa de entrega e dedicação.

4. Diga a verdade

Pelas mesmas razões do item anterior, seja aberto e direto sobre os fatos. Em situações em que o contexto se torna ambíguo e assustador, as pessoas se sentirão traídas, e perderão a confiança no líder que omite ou distorce fatos. Por isso, consiga o maior número de informações do maior número de fontes possíveis, para transmiti-las com confiabilidade.

5. Saiba quando voltar ao negócio

A empresa precisa continuar a funcionar, mesmo em situações de turbulência. Não demore a começar a agir. Use a energia emocional que emerge da crise para construir uma empresa melhor. O reinício é sinal de esperança e inspiração para os funcionários

O que realmente importa não é a crise, mas o que fazemos com ela. E o fato é que quanto mais turbulências e crises vivemos, mais oportunidades surgem. Um ingrediente importante para aproveitar bem essas situações é não “brigar” com elas - fique atento, aprenda rapidamente, compartilhe conhecimentos e aceite os  riscos e as mudanças.

Que essas ideias possam inspirar você para agir em todas as organizações que você participa - família, grupos de amigos e negócios.


Mantenha-se aberto.

Comentários

  1. The King Casino - Herzaman in the Aztec City
    The King Casino in Aztec City is the place where kadangpintar you poormansguidetocasinogambling.com can find and play for real, herzamanindir.com/ real money. Enjoy a memorable stay ventureberg.com/ at this one-of-a-kind casino

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários